Header Ads

ATENÇÃO: Nota de esclarecimento Ponte do Jamari e estrada do B40

COMPARTILHAR NOTÍCIA
Resultado de imagem para COMUNICADO IMPORTANTE
A Prefeitura do Município de Alto Paraíso/RO, através de sua Excelentíssima Prefeita, Sra. Helma Amorim, vem por meio deste, tornar pública, todas as medidas adotadas, em relação ao problema de obstrução da Ponte que liga a RO 459 à BR 364, causado pela enchente repentina do Rio Jamari, de forma nunca ocorrida anteriormente, onde, como é de conhecimento de todos, a mesma (ponte) ficou completamente submersa por diversos dias, e como consequência, causou danos visíveis a “olho nú”, que vão desde o rompimento de sua cabeceira, até o deslocamento de sua estrutura na parte central.

Sabemos que, o problema enfrentado, é sem sombra de dúvidas, um infortúnio para todos os munícipes e transeuntes, acrescentando ainda que, de forma alguma, iremos nos contentar com recuperação de estradas vicinais, como por exemplo o B-40, este que, temos comprovações reais, que no dia 20.02.2019, pela manhã, a estrada (B-40) estava completamente trafegável, inclusive com elogios da população acerca dos trabalhos ali realizado, porém, no mesmo dia, no período da tarde, após alto índice de precipitação pluviométrica (chuvas) naquela localidade, o B-40, transformou-se num caos inimaginável, atingindo em cheio todos os que ali transitavam, aqui, de antemão deixamos nossos sinceros sentimentos aos Senhores, Senhoras, idosos e Crianças, que passaram por esse transtorno terrível e inaceitável. 

Ocorre, Senhores, que tanto a RO 459, como o Travessão B-40, são de responsabilidades exclusiva do Governo Estadual, e, nesse sentido, não descansamos um só minuto, desde o início da obstrução da Ponte sobre o Rio Jamari. Afirmo que, no mesmo dia, em que a mesma submergiu (Ponte totalmente coberta pela água), foram enviados inúmeros ofícios, aos mais diversos órgãos ( DER-RO, Serviço Geológico do Brasil, Procuradoria Geral de Justiça - MPRO, SEDAM, Coordenação Estadual de Proteção e Defesa Civil, Corpo de Bombeiros Militar - CBM, CENSISPAM, entre outros) inclusive Ministério Público do Estado de Rondônia – MPRO, solicitando de todos os responsáveis, providências, para superar os problemas enfrentados, e, realizar/fazer o mais rápido possível, a recuperação da Ponte ou outra opção, que possibilite a trafegabilidade por estrada pavimentada (asfalto), para não ficarmos na dependência exclusiva de estrada vicinal (B-40). 

Após, as providências acima adotadas, repassamos aos munícipes de Alto Paraíso/RO que, os resultados começaram a ser alcançados, e um deles, foi uma AUDIÊNCIA realizada no Ministério Público de Ariquemes, no dia 20.02.2019, esta provocada pelo Município de Alto Paraíso/RO, na pessoa de sua Prefeita, Helma Amorim, e presidida pela Ilustre representante do Ministério Público, a Promotora de Justiça, Dra. Marcília Ferreira da Cunha e Castro, nesta solenidade participaram também, representantes do DER-RO, e, ficou DECIDIDO QUE:

1 – Num prazo máximo de 45 dias, a contar de ontem (20.02.2019), o DER-RO, irá apresentar dados técnicos em relação a Ponte sobre o Rio Jamari, onde informarão: a uma, se é possível recuperação; a duas, se possível, qual o prazo; a três, se a mesma está condenada; a quatro, se condenada, qual o prazo de construção de uma nova ponte; a cinco, e nesse lapso temporal de construção de nova Ponte, irá ser colocado uma balsa, ou uma ponte móvel. Vejam Senhores, muitas perguntas que, somente IRÃO ser respondidas por profissionais capacitados (Engenheiros com especialistas em Pontes), nesse prazo aqui mencionado de 45 dias, conforme compromisso firmado em ATA de audiência.

2 – Durante esse período, enquanto não se define as providências a serem tomadas a cerca da Ponte, afirmamos que, as estradas vicinais, que ligam o município de Alto Paraíso a Ariquemes, através do Travessão B-40, e o Travessão B-20, que liga até a RO 458 (triunfo) à BR 364, dando acesso a Capital do Estado, ambas serão, e devem ser recuperadas pelo DER-RO, este que, deverá deixar os maquinários, em caráter permanente a serviço nessas referidas localidades, sem, desloca-las para outros lugares, afirmo que, no mínimo, já se encontram no local, 03 motoniveladoras e 02 caminhões pipas.

3 – O Município, não está somente nesse frente de trabalho, esses itens anteriores, foi um resultado já alcançado e firmado por órgãos competentes, dando início a varias ações que serão providenciadas, com objetivo, de trazer de volta a normalidade a toda população autoparaisense.

4 – Estamos inclusive, aguardando resposta de órgão responsável, para nos informar sobre, os índices de precipitações ocorridas nos últimos 10 anos, no sentido de apurarmos, se, a causa de fato foi somente provocada pelas ações da natureza, ou, se há possibilidade de falha humana, tendo em vista, a existência de represas/barragens e hidrelétricas no leito do Rio Jamari, haja vista que, nunca houve tal submersão, atrelado, a forma como se deu, vez que, pessoas passaram na ponte, por exemplo, às 13 hs, e estava tudo normal, e logo após, sem ocorrências de chuvas, o nível do Rio subiu assustadoramente por aproximadamente dois metros, mas, essas informações aqui trazidas, são de cunho informativo, para que todos saibam as providências que estamos tomando, e, neste caso, estão sendo avaliadas, e após realização de estudos, e, se constatado falhas que não sejam efeitos da natureza, o município buscará reparação por tais danos, estes, sofridos por todos nós. 


Grata pela atenção! Fiquem com Deus!!
Helma Amorim
Prefeita Municipal de Alto Paraíso – Rondônia.




Fonte:DECOM - PMAP