Publicidade
Publicidade
Publicidade 350x190
Publicidade 350x190

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Prefeitura busca alternativas para funcionar frigorífico do peixe em Rolim de Moura

Compartilhar Notícia no Twitter e Facebook

Resultado de imagem para frigorífico do peixe

Na tarde desta terça-feira (06/06), o Prefeito de Rolim de Moura (RO), Luizão do Trento (PSDB), acompanhado do vereador Alisson Ferreira, Secretário Municipal de Agricultura, Dionísio Pereira Braga, Assessora da Procuradoria Geral do Município, Florisbela Lima, Secretário Municipal de Governo, José Gomes Teixeira, Diretora Especial de Convênios, Fabiola Ribeiro, Diretora Administrativa da Secretaria de Obras, Dhagma Renata Denis de Souza, Médico Veterinário da Secretaria de Agricultura, Eduardo Umehara, Superintendente Contábil, Solange Jordão, estiveram reunidos no gabinete da prefeitura com os Representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Richarle R. Costa e o empresário Roney Ribeiro Pires para tratar da ativação do “Frigorifico de Pequeno Porte para Pescado” no município.

O frigorífico do peixe de Rolim de Moura ficou pronto em 2009, mas até hoje o lugar nunca recebeu nenhum carregamento com os pescados. A obra foi iniciada em 2002, quando foi dada a ordem de serviço com dinheiro público federal, através da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA). A unidade de beneficiamento de pescado é de responsabilidade da prefeitura municipal.

Diante dos fatos foram apresentados documentos que comprovam que perante a Suframa, no que se refere ao convênio 110/98 da construção do frigorifico, encontrasse aprovado. Já no que se refere ao convênio 68/2006, para aquisição dos equipamentos junto ao MAPA, existem pendências, pois conforme nota técnica expedida pelo órgão o município não deu funcionalidade ao frigorífico.

O empresário Ronei Pires mostrou interesse em abrir o frigorífico e dar funcionalidade por intermédio de uma cooperativa mista.

Segundo o prefeito, essa será uma alternativa viável que irá gerar empregos para o município, além de ativar uma obra parada a mais de 10 anos. “Precisamos ver as legalidades jurídicas, buscar o apoio da Câmara Municipal e realizar a concessão para que o empresário possa realizar os investimentos necessários para funcionar esse grande empreendimento”, disse o Prefeito Luizão do Trento.

Para o médico veterinário Doutor Eduardo, o momento é importante e o município precisa realizar uma concessão por 20 anos, sendo 02 para dar funcionalidade e caso nos 18 anos não houver nenhum desvio de finalidade haverá a doação do empreendimento em definitivo para a cooperativa.

Uma nova reunião foi marcada para esta quarta-feira (07/06), com a presença do superintendente e técnicos do MAPA para a tomada de decisão sobre a funcionalidade do frigorífico.

Por: Assessoria

Curta Nossa Página no Facebook - Clique na Imagem