Publicidade
Publicidade
Publicidade 350x190
Publicidade 350x190

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Chuva no RS deixa 73 cidades em situação de emergência e tira mais de 10,2 mil pessoas de casa

Compartilhar Notícia no Twitter e Facebook

Ventania derruba árvores em Capão Bonito do Sul, no Norte do Rio Grande do Sul (Foto: Carlos Alberto/Arquivo pessoal)
Ventania derruba árvores em Capão Bonito do Sul, no Norte do Rio Grande do Sul (Foto: Carlos Alberto/Arquivo pessoal)

A chuva que vem castigando parte do Rio Grande do Sul nas últimas semanas já levou 73 cidades a decretarem situação de emergência, conforme aponta boletim divulgado no final da tarde desta quinta-feira (8) pela Defesa Civil. Mais de 10,2 mil pessoas tiveram de deixar as residências devido ao mau tempo.

A chuva e o vento forte voltaram a se intensificar no estado entre a noite de quarta-feira (7) e a madrugada desta quinta (8), e afetam 153 cidades. Duas mortes foram confirmadas pela Defesa Civil. A vítima mais recente foi um adolescente de 17 anos atingido por um raio em Liberato Salzano, na Região Norte do estado. Em Caxias do Sul, na Serra, uma idosa de 79 anos morreu na localidade de Vila Oliva.

Em Porto Alegre, uma moradora de 35 anos desapareceu após a casa onde ela estava desabar durante um deslizamento de terra em razão do avanço da água de um arroio. Os bombeiros fazem buscas.

Os rios Caí, em São Sebastião do Caí, e dos Sinos, São Leopoldo, estão acima dos níveis de alerta, atingindo, respectivamente, 11,87 metros e 5,80 metros. O Rio Uruguai também ultrapassou a marca em Barra do Guarita, Itaqui, Porto Mauá e Uruguaiana. O maior registro do Rio Uruguai foi no município de São Borja, onde atingiu 14,45 metros.

O número de residências sem energia é de 115 mil em todo o estado. Nas regiões Serrana e Norte, 98 mil pontos foram afetados. De acordo com a RGE Sul, o temporal deixou 17 mil clientes sem luz na Região Metropolitana de Porto Alegre, sendo as cidades mais prejudicadas Montenegro e São Sebastião do Caí.

Cidades em situação de emergência devido à chuva
Tiradentes do Sul
Campo Novo
Três Passos
Coronel Bicaco
Tenente Portela
Panambi
Cristal
Sertão
São Jerônimo
Tunas
São José das Missões
Itaqui
Casca
São Borja
Pedras Altas
Boqueirão do Leão
Dom Pedrito
Barros Cassal
Vila Lângaro
Barão de Cotegipe
Três Arroios
Ponte Preta
Miraguaí
Irai
Cristal do Sul
Uruguaiana
Boa Vista das Missões
Paim Filho
Lagoão
São Nicolau
São Sebastião do Caí
Gentil
Ibirapuitã
Soledade
Garruchos
Porto Xavier
Inhacorá
Pirapó
Porto Mauá
Roque Gonzáles
Três de Maio
Maquiné
Sinimbu
Terra de Areia
Chiapeta
Novo Barreiro
Vista Gaúcha
Floriano Peixoto
São Pedro das Missões
Itati
Minas do Leão
Rio dos Índios
Arroio do Meio
Santo Ângelo
Catuípe
Santo Antônio das Missões
Itapuca
Barra do Quarai
Braga
Sagrada Família
Vicente Dutra
Liberato Salzano
Frederico Westphalen
Jaboticaba
Palmitinho
Trindade do Sul
Guaporé
Caraá
Jari
Cachoeira do Sul
Maratá
São José do Sul
Santana da Boa Vista

Segundo a Defesa Civil, nos municípios atingidos pelos temporais, 415 famílias encontram-se desabrigadas e foram levadas para abrigos fornecidos pelo estado, resultando em 1.743 pessoas que perderam suas casas. Estima-se também que 2.023 famílias estão desalojadas – levadas para casas de parentes ou de amigos –, um total de 8.496 pessoas.

Por: G1/RS
Fonte: Defesa Civil Rio Grande do Sul

Curta Nossa Página no Facebook - Clique na Imagem