Header Ads

Vitória: Macaco morto recolhido na Ilha do Frade estava com febre amarela

COMPARTILHAR NOTÍCIA
Macaco foi recolhido e encaminhado para laboratório
Macaco foi recolhido e encaminhado para laboratório - Foto: TV Gazeta

Exames feitos no macaco morto recolhido na Ilha do Frade, em Vitória, na tarde do dia 16 de janeiro, detectaram que o animal estava com o vírus da febre amarela. O resultado do laudo foi divulgado na manhã desta sexta-feira pela Secretaria de Saúde de Vitória.

Na ocasião, no dia 16 de janeiro, o animal foi recolhido pelo Centro de Vigilância Ambiental em Saúde (CVSA) de Vitória e levado para o laboratório da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa). Em seguida, o macaco foi enviado para o Instituto Evandro Chagas, no Pará, onde foi constatada a morte pela doença.

Vacinação preventiva

A Prefeitura de Vitória garante que não há registro de febre amarela em humanos, apesar do macaco ter sido infectado.

Mesmo assim, vai fazer um mutirão a partir deste sábado e instalar três pontos grandes de vacinação: CMEI Elzira Vivacqua em Jardim Camburi; EMEF Maria José Costa Morais, em São Pedro e EMEF Aristóbulo Barbosa Leão, em Bento Ferreira.

Os locais de vacinação vão ficar abertos neste sábado, segunda e quarta-feira, das 8h às 16h.

Segundo a prefeitura, a medida é preventiva e vai permitir que todos os moradores da Capital sejam vacinados.

Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Vitória, Tatiane Comério, os orgãos de saúde do município investigam se o macaco infectado foi trazido de outra região por algum morador, já que na Ilha do frade não foi encontrado nenhum outro macaco com registro da doença.

Locais de vacinação

- CMEI Elzira Vivacqua, em Jardim Camburi
- Escola Maria José Costa Morais, na Rodovia Serafim Derenzi, em São Pedro
- EMEF Aristóbulo Barbosa Leão, em Bento Ferreira

Dias
Sábado, Segunda e Quarta

Horário
8h às 16h


Fonte: Gazeta Online