Header Ads

Falta de drenagem deixa capital em risco, baixo Madeira sofre

COMPARTILHAR NOTÍCIA

A chuva se intensificou na região amazônica e já começa a trazer problemas na área urbana de Porto Velho e distritos ribeirinhos. Na quinta-feira (26), a forte chuva causou transtorno para os moradores da capital.

Com a inexistência de serviços de drenagens em diversos bairros da cidade a água da chuva acabou entupindo bueiros e invadindo residências deixando moradores assustados e no prejuízo.

De acordo com o diretor da Defesa Civil, Marcelo Santos, Porto Velho sofre com graves problemas urbanísticas herdados pela atual administração e a falta de drenagem seria um dos potencializadores da penúria da comunidade.

O departamento de Defesa Civil realizou 35 atendimentos de pessoas que acionaram apoio durante a chuva. Com as enchentes, a contaminação da água com vetores de perigosas doenças e bactérias é uma preocupação dos órgãos de controle de saúde.

Nas comunidades ribeirinhas a situação não é menos preocupante, o distrito de Nazaré, baixo Madeira, vem sofrendo com os constantes desbarrancamentos e de acordo com a Defesa Civil será preciso a construção de uma contenção, para evitar que a localidade seja engolida.

Segundo Marcelo, a prefeitura terá que esperar pelo apoio do Governo Federal na construção dessa contenção, uma vez que a área é de preservação ambiental. Mesmo com as chuvas constantes o rio Madeira não apresentou elevação em seu nível, que está registrando 10,99 metros de profundidade.


Fonte: Notícias ao Minuto