Publicidade
Publicidade
Publicidade 350x190
Publicidade 350x190

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Mulher Ferida em ato contra Temer diz que perdeu visão do olho esquerdo

Compartilhar Notícia no Twitter e Facebook

Protesto contra Michel Temer
ovem atingida por bala de boracha no rosto durante Protesto contra o presidente do Brasil, Michel Temer em São Paulo (SP) (Jefferson Ricardo/Futura Press/Folhapress)

A universitária Deborah Gonçalves Fabri, que foi ferida na noite desta quarta-feira durante um ato contra o presidente Michel Temer, informou através das redes sociais que perdeu a visão do olho esquerdo. Ela foi levada até o Hospital dos Olhos, no Paraíso, região central de São Paulo na noite desta quarta-feira depois que estilhaços de uma bomba de efeito moral que teria sido disparada pela Polícia Militar atingiram seu rosto.

O ato começou em dois pontos, na Praça do Ciclista e no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), na Avenida Paulista. A PM não divulgou o número de participantes da manifestação. A jovem ferida faz parte do movimento Levante Popular da Juventude. O grupo informou por meio de nota que presta solidariedade à jovem e afirmou: “Não descansaremos até que os responsáveis sejam punidos e ela disponha de todo a assistência necessária”.

O Hospital dos Olhos informou que a jovem deu entrada no hospital às 2h37 com “trauma na região da face, escoriações nas pálpebras e região malar esquerda, e lesão perfuro contusa no olho esquerdo”. Deborah foi submetida a um procedimento de “alta complexidade e recebeu alta hospitalar ocorreu às 10h45” desta quinta.

A Secretaria de Segurança Pública informou por meio de nota que “a repressão começou depois que um grupo de manifestantes incendiou montes de lixo e lançou pedras contra os policiais. Um policial foi ferido e levado para receber atendimento médico. A SSP não tem informações sobre a jovem atingida no olho”.

Fonte: Rafaela Lara Da VEJA.com

Curta Nossa Página no Facebook - Clique na Imagem