Publicidade
Publicidade
Publicidade 350x190
Publicidade 350x190

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Atleta russa acusa dirigente de agressão na Rio-2016

Compartilhar Notícia no Twitter e Facebook

A lutadora russa Inna Trazhukova durante disputa do bronze na Rio-2016
A lutadora russa Inna Trazhukova durante disputa do bronze na Rio-2016 (Toru Hanai/Reuters)

A atleta russa da luta olímpica Inna Trazhukova acusa de agressão o presidente da Federação Russa de Wrestling, Mikhail Mamiachvili, após perder a disputa pela medalha de bronze para a polonesa Monika Ewa Michalik, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Segundo relatos de Trazhukova, o dirigente teria contado com a ajuda de dois integrantes da comissão técnica de sua delegação para espancá-la.

Inna Trazhukova, que já prestou queixa na Justiça, recebeu o apoio do ministro de esportes russo Vitaly Mutko, de acordo com a AFP. Em entrevista à agência de notícias francesa, o advogado da atleta, Sirajutdine Ataiev, confirmou que o caso irá aos tribunais: “Ela pede a intervenção da justiça nesse caso. Consideramos que o Sr. Mamiachvili insultou a honra e a dignidade da atleta”.

Retrospecto – Trazhukova, de 25 anos, teve sua primeira participação olímpica nos Jogos do Rio de Janeiro.  Bicampeã europeia em 2013 e 2014, a atleta lutou em cinco oportunidades durante a Olimpíada, vencendo três e sendo derrotada para a medalhista de ouro Risako Kawai, além do revés na disputa pelo bronze.

Fonte: VEJA.com (Com Estadão Conteúdo e Gazeta Press)

Curta Nossa Página no Facebook - Clique na Imagem