Publicidade
Publicidade
Publicidade 350x190
Publicidade 350x190

sábado, 11 de julho de 2015

Supercélula: Moradores registram formação de tempestade supercélula no Paraná

Compartilhar Notícia no Twitter e Facebook


Uma forte tempestade classificada como 'supercélula' pelo Instituto de Meteorologia Simepar, foi registrada por moradores da região noroeste do Paraná por volta das 17h40, de sexta-feira (11).

Segundo o meteorologista Reinaldo Kneib, a tempestade intensa está associada a rajadas de vento fortes que ultrapassam os 55 km/h e queda de granizo.  Ainda de acordo com Kneib, o formato circular da nuvem é provocado pela rotação circular do ar dentro da nuvem.

 O morador da cidade de Terra Rica Carlos Alexandre Antonio chegava em casa quando registrou em vídeo a formação da nuvem. Segundo ele, o fenômeno passou em uma área rural que fica ao lado do conjunto residencial onde mora. "A nuvem foi andando e seguiu para Paranavaí. Ainda bem que essa tempestade não trouxe nenhum prejuízo a minha cidade", afirma o morador.

Já Deise de Alencar Fonseca estava em casa, na fazenda Três Meninas, em Paranavaí, quando fotografou a tempestade. “Ventou muito e, assim que essa nuvem passou, parecia que não ia chover. Mas, duas horas depois, choveu granizo. Estragou a horta, uma plantação de mamão e telhado de casa”, diz.

O meteorologista do Simepar ainda detalha que acima dos silos é possível ver uma nuvem funil ou rajadas de ventos fortes. “Algumas vezes, esse tipo de tempestade pode gerar um tornado também. Porém, só com confirmação visual é possível garantir que houve essa formação”, detalha  Reinaldo Kneib.

Chuva na região
A chuva que atingiu a região norte e noroeste do Paraná na tarde de sexta-feira causou transtornos a pelo menos 960 pessoas, em 11 municípios do estado. Janiópolis, no centro-oeste, teve ao menos 200 casas danificadas, e de acordo com a Defesa Civil é o município mais afetado do estado.

Em Rondon, no noroeste paranaense, houve dezenas de destelhamentos e, até o começo desta manhã, não havia luz. Em Nova Londrina, foram 160 afetados, e Araruna, 100 pessoas também sofreram com o granizo.

Fonte: Luciane Cordeiro Do G1 PR, em Paranavaí

Curta Nossa Página no Facebook - Clique na Imagem